O ANIMAL AGONIZANTE - PHILIP ROTH

Esse derruba a tese de que não se julga um livro pela capa. No caso, a contra-capa. Impossível lê-la e não querer devorar o livro na mesma hora.
 


Trechos (além da contra-capa):
 
"Por que é que fico elogiando-a quando falo com ela? Por que não paro de dizer que ela é perfeita? Por que sempre tenho a sensação de que estou dizendo a coisa errada pra essa garota? Não consigo imaginar como ela me vê, como ela vê coisa nenhuma, e minha confusão me faz dizer coisas que me parecem falsas ou exageradas..."
 
  
"... a maioria das pessoas leva para a cama o que há de pior em sua biografia..."
 


Roth, pra variar, pega na veia. E acerta no ângulo.