Fumar se tornou um ato que mistura rebeldia juvenil com marginalidade senil.